Maldita enxaqueca!

1. De Maomé a Bill Gates, passando por Alegre

Quase todos os dirigentes ocidentais, incluindo Sócrates, criticaram os cartoons publicados num jornal dinamarquês, que mostram Maomé com uma bomba no turbante. De repente, ficaram todos muito muçulmanos, todos horrorizados com a brincadeira dos desenhadores escandinavos. O único que se recusa a pedir desculpa é o primeiro-ministro dinamarquês. Chama-se Anders Fogh Rasmussen. Registo o nome para que conste.

Hipócritas!

Lembram-se do cartoon de António que mostra o Papa João Paulo II com um preservativo no nariz? E de milhares de cartoons que brincam com Jota Cristo na cruz, S. Pedro nas portas do céu, a Nossa Senhora de Fátima aparecendo aos pastorinhos e outras heresias similares?

Têm medo de quê?

De um bando de tipos que se fazem explodir, matando inocentes, que cortam as mãos aos ladrões e apedrejam as mulheres adúlteras?

Não! Têm medo é de perder o petróleo que escorre das arábias!

Felizmente, já temos Alegre na Assembleia da República. Depois de uma baixa médica que lhe permitiu descansar da agitação da campanha e ir à caça, o Candidato-Um-Milhão regressou à bancada socialista. É natural. A baixa médica levava-lhe 40% do ordenado e, estando na caça, candidatava-se a ser apanhado pela fiscalização da Segurança Social e o médico que lhe passou a baixa ainda ia parar aos tribunais, como aqueles médicos de Guimarães que passaram atestados aos estudantes para faltarem aos exames do 12º ano.

O que nos vale é o Valentim Loureiro. Acusado de 18 crimes, no caso Apito Dourado, já disse que não se demite de cargo nenhum. Como é óbvio, está inocente! Nem percebo como é que o Ministério Público continua a gastar o dinheiro do contribuinte em inquéritos desnecessários. Pois se está mesmo a ver que o major é um pobre inocente, apanhado na teia das escutas telefónicas!

Claro que, entretanto, todos estamos mais descansados, depois da visita de Bill Gates a Portugal. O novo cavaleiro da ordem de D. Henrique, assinou acordos com o governo e promete ensinar informática a um milhão de portugueses. Será o milhão que votou em Alegre? Se assim for, Sócrates vai ficar pior que estragado!

Graças a esses protocolos, os nossos computadores vão ficar muito mais espertos e, em vez de uma vaga ideia, passarão a ter memória a sério. Todos aqueles projectos que envolvem banda larga vão ser um êxito. Teremos alunos, de repente, a gostarem de matemática, médicos a passarem receitas electrónicas, empresas a serem formadas na hora e tudo, tudo a ser resolvido imediatamente.

Excepto, claro, o casamento entre homossexuais.

Infelizmente, Bill Gates ainda não criou um software para isso.

As lésbicas e os homossexuais masculinos vão ter que continuar a viver na ilegalidade, sem poderem usar aliança e anel de noivado. Uma grande perda, sem dúvida!

E os polígamos também estão lixados. Milhares de portugueses que, tal como os seus irmãos muçulmanos – agora vilipendiados pelos cartoonistas dinamarqueses – ansiavam poder casar-se com cinco ou seis gajas, vão ter que aguentar os cavalos.

É por essas e por outras que esta maldita enxaqueca não há meio de me passar!

Transcrito do Coiso

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s