SJ contra encerramento da Caixa dos Jornalistas

Posted: 15 Novembro, 2006 in Portugal

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) manifesta a sua perplexidade e discordância com a anunciada intenção do Governo de encerrar a Caixa de Previdência e Abono de Família dos Jornalistas.
Em comunicado divulgado hoje, 15 de Novembro, o SJ estranha as declarações do secretário de Estado da Saúde, Francisco Ramos, citadas pela agência Lusa, dando como certo o encerramento da Caixa de Previdência e Abono de Família dos Jornalistas (CPAFJ) e o fim do subsistema de saúde dos jornalistas a partir de Janeiro de 2007.

A surpresa do SJ deve-se ao facto de as declarações surgirem dois dias depois de uma reunião, realizada a pedido da CPAFJ, com o ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Vieira da Silva, e o próprio secretário de Estado Francisco Ramos, em que foi acordado prosseguir a discussão, no âmbito do Ministério da Saúde, quanto ao subsistema de saúde dos jornalistas.

Reafirmando a sua firme discordância com a intenção do Governo de extinguir a CPAFJ, o SJ garante que lutará “pela defesa dos direitos” dos jornalistas.

Também a Comissão Administrativa da CPAFJ reagiu às declarações de Francisco Ramos, solicitando de imediato uma reunião com carácter de urgência ao ministro da Saúde.

É o seguinte, na íntegra, o comunicadodo SJ:

JORNALISTAS DEVEM DEFENDER A SUA CAIXA!

1. O Sindicato dos Jornalistas foi surpreendido por declarações do secretário de Estado da Saúde, Francisco Ramos, citadas pela agência Lusa, que dão como certo o encerramento da Caixa de Previdência e Abono de Família dos Jornalistas (CPAFJ) e o fim do subsistema de saúde dos jornalistas a partir de 1 de Janeiro de 2007.

2. A surpresa decorre desde logo do facto de aquele membro do Governo apresentar uma data que não só não foi anunciada às entidades com responsabilidades nesta matéria como contraria frontalmente a perspectiva de uma solução consertada, embora seja claro que não foi o Governo a tomar a iniciativa – que deveria ter tomado – de esclarecer a situação.

3. Com efeito, realizou-se na passada segunda-feira, dia 13, uma reunião na qual estiveram presentes o ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva, o secretário de Estado da Saúde, Francisco Ramos, e a Comissão Administrativa da CPAFJ, órgão de gestão que integra uma presidente nomeada pelo Governo, Maria Antónia Palla, e os vogais designados pelo Sindicato dos Jornalistas, Anabela Fino e José Imaginário.

4. Na reunião, realizada a pedido da CPAFJ, o Governo comunicou a sua intenção de encerrar a Caixa, mas, sobretudo no que diz respeito ao subsistema de saúde, comprometeu-se a agendar uma reunião para prosseguir a discussão.

5. Nessa conformidade, quer a Administração da Caixa em si, quer a Direcção do Sindicato dos Jornalistas iniciaram um processo de discussão interna para encontrar soluções que garantam a preservação dos direitos dos jornalistas, ficando na expectativa de um novo encontro.

6. Não obstante a precipitação do Governo e a comunicação de um timing que não fora indicado à CPAFJ, a Direcção do SJ reafirma a sua discordância veemente com as intenções do Governo de extinguir a Caixa dos Jornalistas e a decisão de lutar pela defesa dos direitos destes profissionais.

7. A Direcção do SJ manterá os jornalistas informados das diligências e iniciativas que entenda úteis à defesa desta causa, mas apela desde já a todos os profissionais, para que se mantenham unidos em torno de um objectivo central: a defesa da Caixa dos Jornalistas.

Lisboa, 15 de Novembro de 2006

A Direcção

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s