Como sobreviver a uma pandemia de gripe

Posted: 11 Junho, 2009 in gripe, Saúde
Tags: , ,

Com o objectivo de sensibilizar e ajudar os parceiros de negócio da farmacêutica para a importância de se prepararem para uma pandemia de gripe, a Roche promoveu, em parceria com a Mercer, um Workshop sobre o tema: “Como preparar a empresa para sobreviver numa situação de pandemia”.

pandemia_gripe

Reconhecida pela comunidade científica a elevada probabilidade de ocorrência de uma pandemia nos próximos anos, a Organização Mundial de Saúde recomenda aos governos e às empresas que se preparem desde já, elaborando os seus próprios planos de contingência.

Nesse sentido, a Roche desenvolveu um plano que lhe permite, em situação de pandemia de gripe, continuar a assegurar o fornecimento dos seus produtos e serviços às instituições prestadoras de cuidados de saúde.

Sabendo que a sua actividade depende criticamente de serviços externos (transportes, comunicações, segurança, etc), a Roche organizou, exclusivamente para os seus fornecedores, este Workshop que contou com intervenções de Filipe Froes (pneumologista e consultor da Direcção Geral da Saúde para a gripe), Henrique Koenders (Loss Control Engenieer da Marsh) e Isabel Martins (Human Capital Senior Associate da Mercer), abordando respectivamente os temas da gripe e dos vírus que a causam, das ameaças biológicas do nosso tempo e de como preparar a empresa para uma pandemia.

Filipe Froes adianta que em situação de pandemia com origem no sudeste asiático “estima-se que demore entre 1 a 3 meses a disseminar-se por todo o espaço europeu, podendo atingir cerca de 1/3 da população e condicionando profundas restrições ao transporte de mercadorias e bem essenciais. Será também previsível o encerramento das escolas. Com base nas 3 pandemias de gripe que ocorreram no século XX, estima-se que possa durar entre 4 a 6 meses”.

Nesse sentido, e dado que nenhum país está preparado para lidar com um pandemia de gripe, “a elaboração de Planos de Contingência apesar de não evitarem a ocorrência da pandemia, revelam-se indispensáveis para minimizar o seu impacto e consequências”, conclui o consultor da DGS para a gripe.

Coube a Miguel Sanches, director médico da Roche, a apresentação do plano pandémico da Roche Portugal e do processo envolvido na sua elaboração, como forma de estimular as empresas presentes a iniciar ou prosseguir nos seus esforços de preparação para uma pandemia.

O Workshop teve a presença de mais de 30 gestores de topo, gestores de risco, profissionais de recursos humanos e médicos de saúde ocupacional de várias entidades.

Vanessa Ribeiro
Comentários
  1. EU diz:

    LOLLLLLL!!!!!!!! QUAL GRIPE?!?!?!?!

    Este Filipe Froes é um dos que está compradissimo pelo governo mundial…médico corrupto. Mas não vai ser apanhado porque ninguém está interessado em apanha-lo.

    Qual gripe? Nunca houve gripe nenhuma, abram os olhos, isto foi tudo feito para o governo mundial arrecadar uns biliões em tempo de crise, ou não perceberam?

    Cumps

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s