ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE CAVACO SILVA

Posted: 22 Janeiro, 2011 in Portugal

22/01/11 00:48

1 – Um candidato a Presidente da República, o mais alto magistrado do País, não pode ser comparado, em termos daquilo que se lhe exige quanto a ter de possuir um perfil cívico irrepreensível, a um outro qualquer cidadão comum.

2 – CAVACO SILVA com as suas constantes recusas a esclarecer situações muito suspeitas e com o invariável e, no mínimo, arrogante e mal educado voltar de costas aos jornalistas que o interpelam sobre várias questões, tem chamado sobre si, legitimamente, uma suspeição cada vez maior, que não é compatível, de todo, com o cargo que desempenhará, se for eleito.

3 – No meio de toda esta suspeição legítima criada por CAVACO, deve-se referir que a quase totalidade da sua Comissão de Honra das Presidenciais é constituida por figuras ligadas à gestão fraudulenta do BPN, cargos de que, obviamente, foram afastados.

4 – A mencionar ainda a triste e badalada novela das acções detidas por CAVACO da SLN, empresa que controlava o BPN e, especialmente, a altura precisa em que foram vendidas, além do pormenor sintomático de terem sido compradas por CAVACO ao preço mais favorável apenas reservado às figuras gradas do BPN da altura e vendidas a um preço determinado por despacho de OLIVEIRA e COSTA, ex-Secretário do Estado para os Assuntos Fiscais de CAVACO, então Presidente do BPN, com um lucro de 140%, MAIS-VALIA QUE INCORPORA AGORA O PASSIVO DO BPN QUE OS CONTRIBUINTES TERÃO DE VIR A PAGAR.

5 – Quem não se recorda da visita do agora recandidato à PR, em visita oficial à República Checa, onde aconteceu o nosso Povo ser injuriado, na sua pessoa, pelo Presidente daquele País, Václav Klaus, sem que o senhor CAVACO tenha reagido ?

Como Português, senti-me insultado pela afronta que não reparada por quem devia e a engoliu em seco.

6 – O senhor CAVACO SILVA possui uma vivenda, na Urbanização da Coelha, em Albufeira, ao lado de outra do seu amigo OLIVEIRA e COSTA, construidas – vejam só – em terrenos pertencentes à tal SLN, que controlava o BPN.

Coincidências … !

Questionado sobre qual o Notário onde teve lugar a escritura da aquisição daquela sua vivenda, respondeu que “se esqueceu” …

Tudo isto é, no mínimo, brincar e gozar com o Povo Português, visto que na sua situação de candidato à PR tem obrigações que se arroga desprezar e não respeita.

7 – Todos os indícios apontam para que CAVACO SILVA está, inequivocamente e sem qualquer dúvida, ligado, muito duvidosamente, a figuras constituidas arguidos e perseguidas pela justiça, no processo do BPN e que fizeram parte, coincidentemente, de Governos de que foi PM, como são os casos mais conhecidos de OLIVEIRA e COSTA, DIAS LOUREIRO e ARLINDO de CARVALHO – para apenas citar três nomes -, sendo que, em relação ao segundo, DIAS LOUREIRO, foi ao ponto de o distinguir com a colocação no seu Conselho de Estado, de onde só saiu, quando o mal estar das restantes pessoas de bem que o integravam ultrapassou os limites do razoável, sem que CAVACO nunca tenha tomado, por si próprio, qualquer decisão de convidar o dito a sair, pelo seu pé.

Pelo contrário, manteve, lamentavelmente, a confiança no referido cavalheiro DIAS LOUREIRO até ao fim, sendo que, na altura, a justiça já lhe andava no encalce.

Cabe aqui ainda referir que os dois primeiros senhores, seus ex-colaboradores em Governos de que foi PM, serão julgados por ” crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação de documentos, branqueamento de capitais, infidelidade, fraude fiscal qualificada e aquisição ilícita de acções”.

Todas estas circunstâncias, que são factuais, de um candidato à PR, relacionado tão de perto com pessoas arguidas e demandadas pela justiça, sua escolha para integrar os seus Governos, logo, de sua inteira confiança, não deverão deixar de nos deixar preocupados e manter apreensivos.

É este um dos candidatos à Presidência da República de Portugal.

Um candidato a que teria já acontecido uma de duas coisas, num País a sério, como os EUA, e por via de várias situações tão ínvias e muito mal explicadas a que está ligado :

a) – Ou teria sido obrigado a explicar, muito bem explicadinho, todos estes imbróglios ;

b) – Ou teria sido já obrigado e renunciar ao cargo de PR, como sucedeu, no maior País do mundo, ao Presidente Nixon, devido ao Caso Watergate.

in: http://economico.sapo.pt/noticias/alegre-esta-tudo-em-aberto-nestas-eleicoes_109304.html

 

 

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s