CCP- Suíça – Eleição para o Conselho das Comunidades

Posted: 1 Abril, 2008 in Belgica, Canadá, Comunidade, Costa a Costa, Cultura, Educação, emigração, Internet, legislação, Liberdade, Movimento, Noticias, Parte Social, Política, Porttuguesa, Portugal, Social, Sociedade, Zurique

LISTA C

Em Defesa dos Emigrantes”

Lista de candidatura à eleição de membros para o Conselho das Comunidades Portuguesas pelo círculo eleitoral da Suíça, Itália, Grécia e Áustria.

 

 

imagem1.png
Eleição para o Conselho das Comunidades Portuguesas na Suíça
20 de Abril de 2008
LISTA C“Em Defesa dos Emigrantes”

 

Lista de candidatura à eleição de membros para o Conselho das Comunidades Portuguesas pelo círculo eleitoral da Suíça,Itália,Grécia e Aústria.

Manuel Beja,natural de Alcobaça, residente em Zurique. Actual membro do Conselho Permanente do CCP, ex-secretário sindical UNIA, presidente da Assembleia Geral da A P de Zurique e da Casa do Benfica, em Lenzburg, é membro de várias organizações de apoio aos estrangeiros residentes na Suíça.Manuel Figueira,natural de Pias, Alentejo,residente em Sion. Diplomado em mecânica de precisão, actual vice-presidente do CCP, Europa, fundador da ATEPS, Sion, e da União das Associações Portuguesas do Cantão do Valais, Presidente da Assembleia Geral do núcleo Sportinguista de Sion, activista sindical e membro da direcção do sindicato cristão interprofissional do Valais, membro de várias comissões profissionais e de defesa dos emigrantes.Maria Melo Galvão ( São Belo),natural de São Martinho do Bispo-Coimbra, residente em La Chaux-de-Fonds. Especialista de relejoaria, presidente do Rancho Folclórico Rosas de Portugal, membro da direcção da Federação Portuguesa de Folclore e Etnografia na Suíça, membro da Comissão de trabalho para a integração dos estrangeiros para o Cantão de Neuchatêl,membro da Comissão Migrações-Femininas. Fernando Miranda,natural da Maia, residente em Genebra.Actual membro do CCP,apresentador do programa de rádio Hora Lusitana, Genebra, presidente da A.G. da Associação Democrática dos Trabalhadores Portugueses em Genebra.Cátia Pires Candeias,natural do Barreiro, reside em Lausanne. Trabalha actualmente como assistente social no Centre Social Régional de l’Ouest Lausannois, em Rennens, licenciada em Sociologia na Universidade de Évora, pós-graduação em Estudos Feministas nas Universidades de Lausane e Genebra.Rogério Carolino Feitor,natural Lisboa, residente em Genebra. Engenheiro mecânico,trabalhou no CERN – Organização Europeia para a Investigação Nuclear, em Genebra, e trabalha actualmente em Lausanne.Domingos Pereira,natural de Cantelães,Vieira do Minho,residente em Zurique. Motorista de pesados e técnico TV, membro da Comissão consultiva para os problemas dos estrangeiros da cidade de Zurique, presidente do Comité Português do sindicato UNIA, Zurique.Elisabete Ferreira,natural de Zurique, residente em Fribourg. Estudante de Jornalismo na Universidade de Fribourg,prepara um estudo sobre os jovens portugueses da segunda geração na Suíça. Fez o seu estágio de jornalismo na TVI, em Lisboa.

————————————————-

“Em defesa dos Emigrantes“

Declaração de Princípios

Por uma comunidade unida e bem representada no CCP.

Nos próximos dias vai decorrer a campanha eleitoral para o Conselho das Comunidades Portuguesas, cujo acto eleitoral está marcado para, domingo, dia 20 de Abril de 2008. Nestas eleições, o círculo eleitoral para além da Suíça integra ainda a Itália, a Grécia e a Áustria.

Para estas eleições, a lista “Em Defesa dos Emigrantes” apresenta ao eleitorado uma declaração de princípios que contém os objectivos centrais da actividade futura dos seus candidatos. Um programa que é o compromisso baseado na experiência dos seus conselheiros eleitos nos actos eleitorais anteriores.Cientes do verdadeiro significado e importância do CCP – enquanto orgão de consulta do Governo português para matérias relativas à politica de emigração e comunidades portuguesas – a lista “Em Defesa dos Emigrantes”, continuará a bater-se para que o Conselho seja um instrumento de coesão e de representação das comunidades portuguesas.A lista “ Em Defesa do Emigrantes” baseia-se nos seguintes princípios:1. Criar o “Gabinete do Conselheiro” de consulta e de ligação com as comunidades portuguesas residentes na Suíça, Itália, Grécia e Áustria, para melhor acompanhar as suas vivências e melhor poder responder às sua expectativas e reivindicações.2. Dar prioridade à defesa do ensino da língua portuguesa. Acompanhar a transferência de responsabilidades do Ensino do Português no Estrangeiro (EPE) para o Instituto Camões, exigindo, ao mesmo tempo, a participação do CCP no planeamento de políticas e práticas do ensino do português para as comunidades portuguesas.3. Defender um serviço de atendimento consular moderno e de qualidade, ao serviço de Portugal e dos portugueses, que deve ter em conta as alterações constantes dos movimentos migratórios.4. Fortalecer e melhorar o trabalho do CCP junto das mais variadas organizações portuguesas: Associações, Missões Católicas, Sindicatos, Comissões de Pais, Clubes, grupos culturais, desportivos e outros, procurando mobilizar todos os sectores na defesa e valorização da comunidade.5. Contribuir para o fortalecimento dos laços da nossa juventude com Portugal e para o seu desenvolvimento saudável. Dar apoio aos esforços das federações e numerosos grupos empenhadas na defesa do folclore e etnografia portuguesa e na divulgação da nossa cultura.6. Promover o desenvolvimento de uma cultura de participação cívica e democrática nas sociedades de residência, com particular incidência no direito de votar e ser eleito, quer nas estruturas de base, quer nas eleições regionais e nacionais.7. Agir em defesa da valorização dos nossos compatriotas, visando a sua integração na sociedade, o direito à formação profissional e garantir os direitos à educação, à habitação, ao emprego, aos cuidados médicos e às reformas de velhice justas, de forma a assegurar um futuro com mais justiça social para todos.Estes são os princípios que defendemos e cumpriremos com o rigor e a seriedade que nos é reconhecida!Lista “ Em defesa dos Emigrantes”/ Candidatos: Manuel Beja, Zurique; Manuel Figueira,Sion; São Belo, La Chaux-du-Fonds; Fernando Miranda, Genebra; Cátia candeias, Lausane; Rogério Feitor, Genebra; Domingos Pereira, Zurique; Elisabete Ferreira, Fribourg.

Comentários
  1. Luis diz:

    Façam barulho, não se calem!

    Força gente estamos convosco.

  2. Patricia diz:

    é muito bom ter conhecimento que exixtem pessoas dispostas a defender os emigrantes portugues. Espero que cumpram todos os principios que defendem os quais acho muito positivos.Sou licenciada em service social, assistente social, como um dos vossos menbros ( Catia Pires) gostava que se ela lê-se este comentario me enviasse o seu endereco mail para podermos trocar impressôes.
    Continuacao de um bom trabalho…

  3. Os parabens a lista C ,pelos os resultados obtidos, nestas eleiçoes,falo no caso concreto do Ticino (cantao italiano da Suiça),no entanto ,fica a minha insatisfaçao, pelo o facto ,da partecipaçao da Comunidade, nas eleiçoes ,muitas causas podem ser apresentadas ,mas a falta de informaçao, pelos orgaos competentes ,è de seguro a causa pricipal.
    No caso, concreto do Ticino ,as eleiçoes decorreram ,no Consulado de Lugano, recentemente inaugurado ,dia 17, e a trabalhar desde Fevereiro.
    Nestas eleiçoes estavam registados 4754 eleitores.
    votarm 25 sendo o resultado final o seguinte :
    Lista A —0
    Lista B —1
    Lista C —24
    Os resultados poderiam ser mais exprecivos mas de certeza que todos nos aqui no Ticino contamos com o apoio dos concelheiros eleitos e em especial com o Manuel Beja,aqui fica registado o agradecimento da Comunidadde Portuguesa no Ticino

  4. carla sousa diz:

    ola muito boa tarde. Vivo na suiça no cantao ticino ha 5 anos.
    è com triteza que verifico que nao temos um centro onde podemos debater ideias, gostos e sabores do nosso lindo Portugal…. este fim de semana dia 30 de Maio, para ter um pouco de contacto com o meu povo, culturas e tradiçoes desloquei-me como de ha 5 anos para hoje a Einsiedeln com a minha familia e alguns amigos hà Peregrinação dos Imigrantes Portugueses, (VIRGEM NEGRA). como sempre foi um dia explendido e maravilhoso, juntos dança-mos os nossos ranchos e ouvimos boa musica portuguesa..
    O meu grande apelo, era que pessoas, de boa vontade fizessem algo no ticino que tambem pertence ha suiça…. pois para onde quer que và ha um clube ou assuciaçao portuguesa…. sò aqui è que nao ha nada…. felicidades e tudo de bom para todos os imigrantes na suiça e pelo mundo fora….

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s